Friday, June 18, 2010



Por onde eu passei
Sonhos espalhados
Nos jardins sem flores
Nas noites sem luar
Sonhos vestidos de sol
E de solidão
Sonhos tecidos
Em tecidos rotos
Sonhos acalentados
Pela música do vento
E aquecidos ao calor do verão
Em pleno inverno.
Sonhos desfeitos
Rarefeitos…
Por falta de esperança.
Sonhos refeitos
Mas para sempre adormecidos.

(ABrito)


1 comment:

  1. Maravilhoso!!!! Dê uma passadinha no meu! Beijos.

    ReplyDelete